Emidio de Souza lembra que Guaratinguetá recebeu R$ 76,6 milhões em investimentos dos governos do PT

Os números não mentem e trazem saudades de um período em que o Brasil crescia com igualdade social. É assim que o secretário nacional de Finanças do PT, Emidio de Souza, avalia o trabalho feito pelo Partido dos Trabalhadores em Guaratinguetá. Ele, que é pré-candidato a deputado estadual, lembra que, segundo o Portal da Transparência, entre janeiro e novembro de 2015, os municípios paulistas receberam do Governo Federal R$ 22,2 bilhões. Desse total, Guaratinguetá contou com um aporte de R$ 76.650.883,17.

Setor prioritário nos repasses do Governo Federal, a Saúde em Guaratinguetá contou com um aporte de R$ 32,8 milhões. A maior parte da soma - R$ 25,8 milhões - foram destinadas para os procedimentos em Média e Alta Complexidade, o chamado TETO MAC, beneficiando entidades como o Hospital Maternidade Frei Galvão e a Irmandade Senhora dos Passos e Santa Casa de Misericórdia de Guaratinguetá.  

Também foram transferidos R$ 2,2 milhões na garantia do Piso de Atenção Básica Fixo, R$ 1,8 milhão no SAMU e R$ 1,5 milhão no programa Saúde da Família. Já as ações de Vigilância em Saúde contaram com R$ 363,4 mil e o programa Farmácia Básica com R$ 288,1 mil. Em outubro de 2015, na ação voltada à estruturação de Unidades de Especializadas em Saúde, a Santa Casa de Misericórdia contou com um repasse de R$ 300 mil, via Ministério da Saúde, para a aquisição de equipamento e material permanente.  

Além disso, o Governo Federal investiu R$ 178 mil em ações de vigilância, prevenção e controle das DST-AIDS e hepatites virais; R$ 132 mil em Saúde Bucal; e R$ 47,2 mil em ações de vigilância sanitária. Vale destacar que desde que Guaratinguetá aderiu ao Programa Mais Médicos, foi possível a abertura de três novas vagas para esses profissionais atuarem em regiões mais carentes do município.

Bolsa Família - O Governo Dilma transferiu um total de R$ 5,3 milhões para o Bolsa Família em Guaratinguetá, beneficiando 3.737 pessoas em situação de pobreza e pobreza extrema no município. Além disso, foram repassados R$ 295 mil para serviços de Proteção Social Especial de Alta Complexidade; R$ 239 mil mil para os de Proteção Social Básica e R$ 195,8 mil para os de Média Complexidade (CREAS).

Educação - O setor contou com repasses via FUNDEB na ordem de R$ 2,9 milhões; da cota-parte dos Estados e DF do Salário Educação, de R$ 4,8 milhões; além de R$ 1,5 milhão investido na Educação Básica. Esta soma permitiu que R$ 952 mil fossem investidos em alimentação escolar; R$ 420,7 mil transferidos diretamente para associações de pais e mestres de escolas municipais; e R$ 150 mil em recursos para o programa Caminho da Escola que garante o transporte escolar.

Somados os recursos do FUNDEB, Salário-Educação e o repasse para o setor, o total investido do Governo Dilma na Educação em Guaratinguetá alcança R$ 9,2 milhões.

Outros convênios - O Governo Federal repassou R$ 641,1 mil em apoio a obras preventidas de Desastres para o município. O repasse, realizado pelo Ministério da Integração Nacional, visa a readequação e recomposição das galerias de águas pluviais do macrobairro Jardim do Vale. O convênio firmado entre o Ministério e a prefeitura de Guaratinguetá é da ordem de R$ 4,3 milhões e, até agora, já foram liberados R$ 3,6 milhões para o empreendimento.

Vale destacar, também, os investimentos federais de R$ 680,8 mil destinados à implantação das Praças dos Esportes e da Cultura em Guaratinguetá, que se constituem em espaços integrados de esporte, cultura, lazer e serviços públicos. Neste ano, por exemplo, foram destinados R$ 146,2 mil do Ministério dos Esportes para a construção de uma pista de skate. Também foram injetados mais R$ 48,7 mil, em dezembro de 2015, para a aquisição de equipamentos permanentes de desporto e lazer.

Para Emidio de Souza os números mostram o que todos já sabem. "Quando o presidente Lula e a presidenta Dilma comandaram o país, Guaratinguetá  e todos os municípios brasileiros eram tratados com respeito. Investimentos não foram cortados, como faz agora o governo golpista de Temer. Muito pelo contrário, Lula e Dilma governaram para a população e não para os mercados. Está na hora de voltarmos para o caminho do crescimento, da igualdade, da felicidade e a eleição é o momento correto para votar no PT", finalizou.

Confiram abaixo o ranking dos investimentos federais:

Área

Valor acumulado no ano (R$)

Encargos Especiais

34.624.910,34

Saúde

32.824.694,86         

Assistência Social

6.181.899,54

Educação

1.551.154,89

Cultura

680.828,06

Segurança Pública

641.145,48

Desporto e Lazer

146.250,00

Total

76.650.883,17

     Fonte: Portal de Transparência em novembro -2015. Dados sujeitos à atualização mensal

* Emidio de Souza é advogado e Secretário Nacional de Finanças e Planejamento do PT. Foi vereador, prefeito de Osasco por 2 mandatos (2005 - 2012) e presidente estadual do PT.

 

Compartilhar nas redes sociais:

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree