Emidio de Souza lembra que Governos Lula e Dilma Investiram mais de R$ 51,3 milhões em Campo Limpo Paulista

Os números não mentem e trazem saudades de um período em que o Brasil crescia com igualdade social. É assim que o secretário nacional de Finanças do PT, Emidio de Souza, avalia o trabalho feito pelo Partido dos Trabalhadores em Campo Limpo Paulista. Ele, que é pré-candidato a deputado estadual, lembra que, segundo o Portal da Transparência, entre janeiro e novembro de 2015, os municípios paulistas receberam do Governo Federal R$ 27,3 bilhões. Desse total, Campo Limpo teve aporte de R$ 51.360.263,46.

A Educação foi a área prioritária nos repasses do Governo Dilma para Campo Limpo Paulista. Somando todos os repasses destinados à área, inclusive o FUNDEB e o Salário Educação, foram repassados um total de R$ 11,5 milhões para o setor no município.

Tratam-se de R$ 2,1 milhões investidos em apoio à alimentação e transporte escolares, ao desenvolvimento da Educação Básica; em repasses a associações de pais e mestres de escolas municipais, na implantação de escolas para educação infantil e na implementação e adequação de estruturas esportivas escolares. Além disso, o setor de Educação contou com R$ 3,3 milhões do FUNDEB e R$ 6,1 milhões via Salário Educação.

Saúde e Bolsa Família - Em segundo lugar no ranking de repasses do Governo Federal para Campo Limpo Paulista, a área da Saúde recebeu R$ 7,5 milhões, em 2015. Segundo dados do Portal da Transparência, R$ 3,5 milhões desse montante foram investidos nos Procedimentos em Média e Alta Complexidade; R$ 2,1 milhões garantiram o piso de Atenção Básica Fixo; e $ 619,6 mil foram injetados na estruturação da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde.

Desde que aderiu ao Mais Médicos, Campo Limpo Paulista contou com a abertura de sete novas vagas para a atuação desses médicos nas regiões mais carentes do município.

Também forma investidos R$ 305,9 mil no programa Saúde da Família, R$ 300 mil na estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde; R$ 209,3 mil no programa Farmácia e R$ 192,8 mil nas ações de Vigilância em Saúde.

O Governo Dilma repassou recursos, ainda, para as ações de vigilância sanitária, combate e prevenção das DST-AIDS e hepatites virais, para o Programa Farmácia Básica, e para a manutenção de Unidades de Saúde.

O Governo Dilma transferiu um total de R$ 5,1 milhões para o Bolsa Família, beneficiando 2.773 pessoas em situação de pobreza e pobreza extrema. Também foram transferidos R$ 254,4 mil em Serviços de Proteção Social Básica; R$ 141,6 mil nos de Proteção Social de Média Complexidade; e R$ 100 mil nos de Alta Complexidade.

Convênios com Ministérios - Junto ao Ministério da Cultura, Campo Limpo Paulista recebeu um total de R$ 602,6 mil. A soma é parte de um convênio de R$ 2,7 milhões  para a construção da Praça dos Esportes e da Cultura (PEC), modelo 700m2, com vigência até novembro deste ano.

O Governo Federal também injetou mais de meio milhão de reais, R$ 571,1 mil, em cinco convênios firmados com o Ministério da Cidade. Um no valor total de R$ 295,3 mil (já liberados) destinado a proporcionar melhorias nos bairros, trazendo conforto e segurança em estradas, ruas e avenidas. Outro destinado a obras de drenagem e pavimentação nas ruas Barra Bonita e Barra Dourada.

O terceiro convênio firmado com o Ministério da Cidade destina-se à infraestrutura no Bairro Jardim Solange, com execução de drenagem, no valor total de R$ 473,3 mil. O quarto é destinado à infraestrutura de várias ruas no município e conta com um total conveniado e já liberado de R$ 315 mil. Por último, há um convênio destinado à pavimentação e drenagem de ruas no Jd. Guanciale, no valor de R$ 295,3 mil.

Por fim, Campo Limpo Paulista recebeu R$ 175,5 mil do Ministério do Esporte, distribuídos em dois convênios: reforma geral do ginásio de esportas Fubasão e a construção de uma sala multiuso no centro esportivo.

Para Emidio de Souza os números mostram o que todos já sabem. "Quando o presidente Lula e a presidenta Dilma comandaram o país, Campo Limpo e todos os municípios brasileiros eram tratados com respeito. Investimentos não foram cortados, como faz agora o governo golpista de Temer. Muito pelo contrário, Lula e Dilma governaram para a população e não para os mercados. Está na hora de voltarmos para o caminho do crescimento, da igualdade, da felicidade e a eleição é o momento correto para votar no PT", finalizou.

Confira abaixo o ranking dos investimentos federais:

Área

Valor acumulado no ano (R$)

Janeiro 2016

Encargos Especiais

34.615.246,23

2.887.202,12

Saúde

7.599.604,62

551.988,91

Assistência Social

5.687.138,03

462.883,66

Educação

2.108.935,55

143.717,11

Cultura

602.641,90

Sem dados

Urbanismo

571.197,13

Sem dados

Desporto e Lazer

175.500,00

Sem dados

Total

51.360.263,46

4.045.791,80           

     Fonte: Portal de Transparência em janeiro-2016. Dados sujeitos à atualização mensal

* A área de Encargos Especiais engloba dívidas, ressarcimentos, indenizações, transferências constitucionais e decorrentes de Legislação Específica como, por exemplo, FUNDEB, Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Fundo Especial dos Royalties pela Produção de Petróleo e Gás Natural, entre outros.

 * Emidio de Souza é advogado e Secretário Nacional de Finanças e Planejamento do PT. Foi vereador, prefeito de Osasco por 2 mandatos (2005 - 2012) e presidente estadual do PT.

 

Compartilhar nas redes sociais:

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree