Emidio de Souza lembra que Governos Lula e Dilma Investiram mais de R$ 51,3 milhões em Campo Limpo Paulista

Os números não mentem e trazem saudades de um período em que o Brasil crescia com igualdade social. É assim que o secretário nacional de Finanças do PT, Emidio de Souza, avalia o trabalho feito pelo Partido dos Trabalhadores em Campo Limpo Paulista. Ele, que é pré-candidato a deputado estadual, lembra que, segundo o Portal da Transparência, entre janeiro e novembro de 2015, os municípios paulistas receberam do Governo Federal R$ 27,3 bilhões. Desse total, Campo Limpo teve aporte de R$ 51.360.263,46.

A Educação foi a área prioritária nos repasses do Governo Dilma para Campo Limpo Paulista. Somando todos os repasses destinados à área, inclusive o FUNDEB e o Salário Educação, foram repassados um total de R$ 11,5 milhões para o setor no município.

Tratam-se de R$ 2,1 milhões investidos em apoio à alimentação e transporte escolares, ao desenvolvimento da Educação Básica; em repasses a associações de pais e mestres de escolas municipais, na implantação de escolas para educação infantil e na implementação e adequação de estruturas esportivas escolares. Além disso, o setor de Educação contou com R$ 3,3 milhões do FUNDEB e R$ 6,1 milhões via Salário Educação.

Saúde e Bolsa Família - Em segundo lugar no ranking de repasses do Governo Federal para Campo Limpo Paulista, a área da Saúde recebeu R$ 7,5 milhões, em 2015. Segundo dados do Portal da Transparência, R$ 3,5 milhões desse montante foram investidos nos Procedimentos em Média e Alta Complexidade; R$ 2,1 milhões garantiram o piso de Atenção Básica Fixo; e $ 619,6 mil foram injetados na estruturação da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde.

Desde que aderiu ao Mais Médicos, Campo Limpo Paulista contou com a abertura de sete novas vagas para a atuação desses médicos nas regiões mais carentes do município.

Também forma investidos R$ 305,9 mil no programa Saúde da Família, R$ 300 mil na estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde; R$ 209,3 mil no programa Farmácia e R$ 192,8 mil nas ações de Vigilância em Saúde.

O Governo Dilma repassou recursos, ainda, para as ações de vigilância sanitária, combate e prevenção das DST-AIDS e hepatites virais, para o Programa Farmácia Básica, e para a manutenção de Unidades de Saúde.

O Governo Dilma transferiu um total de R$ 5,1 milhões para o Bolsa Família, beneficiando 2.773 pessoas em situação de pobreza e pobreza extrema. Também foram transferidos R$ 254,4 mil em Serviços de Proteção Social Básica; R$ 141,6 mil nos de Proteção Social de Média Complexidade; e R$ 100 mil nos de Alta Complexidade.

Convênios com Ministérios - Junto ao Ministério da Cultura, Campo Limpo Paulista recebeu um total de R$ 602,6 mil. A soma é parte de um convênio de R$ 2,7 milhões  para a construção da Praça dos Esportes e da Cultura (PEC), modelo 700m2, com vigência até novembro deste ano.

O Governo Federal também injetou mais de meio milhão de reais, R$ 571,1 mil, em cinco convênios firmados com o Ministério da Cidade. Um no valor total de R$ 295,3 mil (já liberados) destinado a proporcionar melhorias nos bairros, trazendo conforto e segurança em estradas, ruas e avenidas. Outro destinado a obras de drenagem e pavimentação nas ruas Barra Bonita e Barra Dourada.

O terceiro convênio firmado com o Ministério da Cidade destina-se à infraestrutura no Bairro Jardim Solange, com execução de drenagem, no valor total de R$ 473,3 mil. O quarto é destinado à infraestrutura de várias ruas no município e conta com um total conveniado e já liberado de R$ 315 mil. Por último, há um convênio destinado à pavimentação e drenagem de ruas no Jd. Guanciale, no valor de R$ 295,3 mil.

Por fim, Campo Limpo Paulista recebeu R$ 175,5 mil do Ministério do Esporte, distribuídos em dois convênios: reforma geral do ginásio de esportas Fubasão e a construção de uma sala multiuso no centro esportivo.

Para Emidio de Souza os números mostram o que todos já sabem. "Quando o presidente Lula e a presidenta Dilma comandaram o país, Campo Limpo e todos os municípios brasileiros eram tratados com respeito. Investimentos não foram cortados, como faz agora o governo golpista de Temer. Muito pelo contrário, Lula e Dilma governaram para a população e não para os mercados. Está na hora de voltarmos para o caminho do crescimento, da igualdade, da felicidade e a eleição é o momento correto para votar no PT", finalizou.

Confira abaixo o ranking dos investimentos federais:

Área

Valor acumulado no ano (R$)

Janeiro 2016

Encargos Especiais

34.615.246,23

2.887.202,12

Saúde

7.599.604,62

551.988,91

Assistência Social

5.687.138,03

462.883,66

Educação

2.108.935,55

143.717,11

Cultura

602.641,90

Sem dados

Urbanismo

571.197,13

Sem dados

Desporto e Lazer

175.500,00

Sem dados

Total

51.360.263,46

4.045.791,80           

     Fonte: Portal de Transparência em janeiro-2016. Dados sujeitos à atualização mensal

* A área de Encargos Especiais engloba dívidas, ressarcimentos, indenizações, transferências constitucionais e decorrentes de Legislação Específica como, por exemplo, FUNDEB, Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Fundo Especial dos Royalties pela Produção de Petróleo e Gás Natural, entre outros.

 * Emidio de Souza é advogado e Secretário Nacional de Finanças e Planejamento do PT. Foi vereador, prefeito de Osasco por 2 mandatos (2005 - 2012) e presidente estadual do PT.

 

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree