Em Osasco, Emidio diz que Lula é o combustível que vai salvar o país

O diretório municipal do PT de Osasco reuniu a militância para lançar o nome do ex-presidente Lula à presidência da república. Coordenado pelo presidente do PT Osasco, Aguimarães Caldas, o ato ocorreu na manhã deste domingo e contou com a participação do ex-prefeito de Osasco e atual secretário nacional de Finanças e Planejamento do PT, Emidio de Souza, do deputado estadual Marcos Martins e do deputado federal Valmir Prascidelli, entre outras lideranças.

Emidio começou seu discurso frisando que o combustível capaz de salvar o país, infelizmente, hoje está preso em Curitiba. Ele fez uma análise da crise criada pelo governo golpista e falou que o número de aumentos feitos por Temer no valor do combustível chega a 229 vezes. Segundo seus cálculos, o golpista promoveu um aumento no valor, em média, a cada cinco dias. “O combustível que o Brasil precisa está preso em Curitiba”, disse.

Em sua fala, o secretário Nacional de Finanças e Planejamento do PT afirmou que a direção nacional está acompanhando atentamente tudo que tem acontecido e salientou que a saída para a atual crise passa pela eleição de Lula.

De acordo com ele, só com Lula na presidência é que o Brasil pode estancar essa crise e ter condições de voltar a crescer. “Só com Lula, Livre, com Lula candidato e vencendo as eleições é que conseguiremos fazer o Brasil voltar a desenvolver”, disse.

Ao citar a importância da eleição de Lula, Emidio leu trechos do histórico discurso que o ex-presidente fez, no dia 7 de Abril, no Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco. Ao final, o petista anunciou que o partido já definiu a data da convenção que vai oficializar a candidatura de Lula e pediu para a militância continuar empenhada na luta em defesa do ex-presidente. O ato que oficializará o nome de Lula está marcado para o dia 28 de julho. “Não podemos sair das ruas. Qualquer pequeno gesto faz muita diferença”, concluiu 

 

Fonte: GALERA VERMELHA

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree